terça-feira, 17 de julho de 2012

Sonhos



Nao tem inicio
os sonhos
embarca em 
uma viagem
sem fim
dentro de voce
sem freios
so devaneios
sonhos impossiveis
amar quem nao 
te ama
sua alma reclama
uma constante 
agonia
perde a sintonia
esquecida 
no fundo do submundo
sem caminhos 
para voltar
ficando a 
ansia de te amar
morrem os sonhos

2 comentários:

  1. Linda poesia. Um sonho morrendo é um agonia

    ResponderExcluir
  2. Obrigada amigo ..! uma agonia ..sem duvidas..abracos

    ResponderExcluir