terça-feira, 15 de agosto de 2017

Prisão

Resultado de imagem para prisao de amor


Sentimentos são
prisões eternas
que não cabe
em um corpo só
as  avessas
vão e voltam
como vento
no deserto
seus grilhões
machucam e queimam
como lavas de um vulcão
medos e fracassos
o tempo finda
prisão...

sábado, 12 de agosto de 2017

Amor sem miséria

Resultado de imagem para amor sem miseria




Amor derrama o
mel sem miséria
neve nas calçadas
como a lua espalhada
olhos altaneiro
sentimento viceral
escuta o silêncio
uma prece
Espera eterna
calmaria sem despedida
de repente a vida,
brinca de esconde,esconde
um vácuo constante
amor cadê o amor
sem miséria
escrito nas estrêlas

segunda-feira, 12 de junho de 2017

No caminho do meio

Resultado de imagem para caminho do meio

No caminho do meio
longos trechos
vielas vazias
crendices insanas
tempo escasso
escravos de dogmas


No caminho do meio
uma centelha
quem sabe ,
o amanhã
o sol nasce
para todos
milagres existem...

sábado, 20 de maio de 2017

Caos

Resultado de imagem para caos


Entre o caos
e a esperança
um espaço
enorme
com o peito
doído
sem ir a lugar
algum
quase morte
nem lágrimas
em um mundo
profano
injustiças amargam
a boca
entre o  caos
a dor que pulsa
medo,vazio
tempo sem volta

domingo, 14 de maio de 2017

Certo ou errado

Resultado de imagem para certo ou errado


Certo ou errado
ninguém esta livre
auto conhecimento
uma explosão
na hora certa
livre-arbítrio
quem sabe de
si mesmo
estamos lado a lado
viajantes sem destino
seguem  o mundo
sem filosofia
na sua mente
perdida
Escuta o chamado
estranho
sinta a sintonia
 a seu alcance
certo ou errado
filhos do sistema

sexta-feira, 21 de abril de 2017

Perdedor

Resultado de imagem para perdedor


Encontra um espaço
na calçada
da rua
nas encruzilhadas
da vida

Busca seu lugar
a contento
desafios,fios
emaranhados

Debruça seus apelos
covardia
a dor cega
seus passos
incertos

Palavras mortas
miserável
no silêncio
da alma
perdedor...

domingo, 2 de abril de 2017

Vem de longe

Resultado de imagem para vem de longe da morada da memoria

Ao longo da estrada
entre pedras e espinhos
muitas cicatrizes

Vem de longe
sem destino
luta desigual


Doente,.nostalgia
agarra o infinito
emaranhados,labirintos

Tem tudo
não cava tesouros
não pode ver

Perdido
em seus medos
na escuridâo

Vem de longe
tão longe
como o vento