domingo, 29 de abril de 2012

Descalca

Olho para meus pes 
nus,desprotegidos
me sinto fragil

Descalca  sinto o choque
de pisar no chao
pedras e calor 
queimam meus pes


Sigo meus caminhos
sem olhar dos lados
vejo muito longe
sua imagem

Tento em vao
chegar ate voce
encontro barreiras
sao .subidas e descidas

Na minha solidao
nao consigo te alcancar
sensivel 
descalca.....

Nenhum comentário:

Postar um comentário